Domingo, 23 de Janeiro de 2022
25°

Chuva

Salvador - BA

Geral Bahia

Ações da Prefeitura por causa da chuva já mobilizaram 68 máquinas, mais de 300 servidores e voluntários e até helicópteros

Há quase 20 dias, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista montou uma força-tarefa para enfrentar os prejuízos causados pelas fortes chuvas d...

11/01/2022 às 15h25
Por: Valtinho Fonte: Prefeitura Mun. Vitória da Conquista - BA
Compartilhe:

Há quase 20 dias, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista montou uma força-tarefa para enfrentar os prejuízos causados pelas fortes chuvas do fim de dezembro e, deste então, mais de 300 servidores foram envolvidos diretamente no trabalho. A força-tarefa demanda esforços do Gabinete Civil, que coordena as ações, e das secretarias municipais de Infraestrutura Urbana (Seinfra), Desenvolvimento Social (Semdes), Saúde (SMS), Desenvolvimento Rural (SMDR), Serviços Públicos (Sesep), Comunicação (Secom),  Educação (Smed), Mobilidade Urbana (Semob) e Meio Ambiente (Semma), além de dezenas de voluntários.

No momento crítico, essas ações envolveram resgate de famílias, alargamento de sangradouros e barragens, desobstrução de estradas, interdição de vias, construção de acessos temporários, instalação de abrigos provisórios e até resgate de cães e gatos. Agora, o trabalho tem sido especialmente para recuperar estradas e dar melhores condições de mobilidade nas vias urbanas.

No esforço para recuperação dos estragos das chuvas, 68 máquinas já foram utilizadas pelas operações, a exemplo de patrois, retroescavadeiras, escavadeiras hidráulicas, caminhões, caçambas e tratores. Somente a operacionalização e manutenção desses maquinários contou com cerca de 120 servidores.

E graças a uma articulação feita pelo prefeita Sheila Lemos com os governos estadual e federal, dois helicópteros, um do Exército Brasileiro o outro da Polícia Militar, também participaram das operações de resgate das famílias ilhadas. Com isso, foi possível colocar em segurança cerca de 110 pessoas da comunidade do Barreiro, que estavam ameaçadas pela enchente do Rio Pardo, e trazer idosos acamados para cuidados médicos na cidade.

“Desde o primeiro momento, sob o comando da nossa prefeita Sheila Lemos, mobilizamos a nossa força-tarefa para atuar no enfrentamento das consequências das fortes chuvas em nossa cidade. Diferente das outras cidades, em Vitória da Conquista os estragos maiores foram na nossa zona rural, o que dificultou – e muito – o nosso trabalho. Mas tínhamos uma missão: preservar vidas e para isso não poupamos esforços”, afirmou o coordenador do Comitê de Gerenciamento de Crise e secretário chefe do Gabinete Civil, Lucas Dias.

Ele ressaltou o empenho dos servidores e voluntários, a exemplo do Clube do Jeep. “Os servidores da Prefeitura deram uma grande demonstração de solidariedade e interesse no bem-estar coletivo. Foram além de suas atribuições e se dedicaram sem vacilar à missão dada pela prefeita, o que agradecemos, em nome do comitê e do governo municipal, bem como aos voluntários que atuaram nas diversas frentes, a exemplo do Clube do Jeep, que nos levou a lugares que outros carros não chegariam, ajudando milhares de pessoas”, observou o secretário.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Veja também